Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Comissão Própria de Avaliação Institucional

Área do conteúdo

Seminário da CPA apresenta informações das avaliações institucionais na UFC em 2019

Data de publicação: 8 de novembro de 2019. Categoria: Sem categoria

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Universidade Federal do Ceará realizou, na manhã desta quinta-feira (7), o Seminário de Avaliação Institucional 2019, no Auditório Prof. Antônio Martins Filho, da Reitoria.

No evento, que contou com a participação do reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, e de servidores docentes e técnico-administrativos que participam da Comissão, o presidente da CPA, Prof. José Lassance de Castro Silva, apresentou dados das avaliações institucionais internas e externas de 2018 e 2019.1.

As avaliações externas na UFC são as realizadas por comissões do Ministério da Educação (MEC), bem como o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), também do MEC. As internas são coordenadas pela CPA-UFC. Entre os aspectos avaliados estão projetos didático-pedagógicos dos cursos, infraestrutura física e desempenho de professores e alunos, entre outros.

Com relação às avaliações externas, o Prof. Lassance cita como ponto positivo a classificação da UFC, pelo MEC, como a melhor instituição federal de ensino superior do Norte e Nordeste e a sétima em âmbito nacional.

Este ano, 17 cursos de graduação da UFC (o que representa 13,60%), obtiveram nota 5 (máxima), do MEC, e 59 (47,20%) se destacaram com nota 4. No último ENADE, foram 32 (25,60%) os cursos com nota 5, e 28 (22,40%), com nota 4.

Mesmo com essas ótimas avaliações dos cursos de graduação da UFC, o presidente da CPA citou como ponto negativo o fato de a UFC ainda ter 7 (5,60%) cursos com nota 3 na avaliação do MEC e, no ENADE, 19 (15,20%) graduações aparecerem com nota 3, e 10 (8%), com nota 2.

Na avaliação interna, o Prof. Lassance destacou como pontos positivos os professores serem bem avaliados pelos alunos e a qualidade do ensino-aprendizagem na UFC. Como negativos, foram apresentados problemas de infraestrutura e questões de denúncias de assédio (moral, político e sexual), que a UFC já vem buscando resolver com as instâncias competentes.

ENCONTROS ‒ Para o Prof. José Lassance, as avaliações são da maior importância. Ele destaca que a partir desses dados uma nova postura na gestão superior está sendo criada para que as potencialidades e as fragilidades detectadas nas avaliações sejam tratadas adequadamente.

O reitor Cândido Albuquerque, por sua vez, disse que irá se reunir com diretores das unidades acadêmicas e coordenadores de cursos para discutir os problemas e buscar soluções. Garantiu seu empenho, por exemplo, para enfrentar questões de infraestrutura (citou, inclusive, o grande número de obras inacabadas na Instituição, que sua gestão pretende retomar).

Ao longo da apresentação, servidores docentes e técnico-administrativos que integram as Comissões Setoriais de Avaliação (CSA) puderam fazer comentários e sugestões.

SAIBA MAIS ‒ Os resultados detalhados da avaliação interna podem ser acessados por alunos, professores e gestores no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA). Já as avaliações externas podem ser conferidas no site do MEC e, os detalhes do ENADE, no site do INEP.

Acessar Ir para o topo